Gerência da Produção

A área de Gerência de Produção compreende o planejamento, o projeto, a operação e a análise de sistemas produtivos, com o desenvolvimento e a aplicação de metodologias que abrangem tanto técnicas voltadas para o processo decisório, utilizando métodos quantitativos, como procedimentos que possibilitam a organização desses sistemas, combinando os fatores sociais e técnicos de cuja interação depende o seu desempenho.

Sendo a mais tradicional área da engenharia de produção, é, também, juntamente com a de Finanças e Análise de Investimentos, a mais antiga do Departamento. Ao longo das mais de três décadas de existência no DEI, a Gerência de Produção vem, progressivamente, se especializando nos aspectos de planejamento e operação dos sistemas produtivos, deixando em segundo plano os aspectos do projeto físico.

A área tem procurado seguir uma linha pragmática e academicamente relevante. Tal orientação tem levado a resultados positivos comprovados por trabalhos de pesquisa que, além de boa aceitação no meio acadêmico, trouxeram melhorias para métodos gerenciais em empresas nacionais.

Assim, os objetivos desta área de concentração são:

A Contribuir para melhor entendimento dos problemas da gerência de produção através de um contato direto com o setor produtivo. O propósito é identificar problemas a partir do estudo sistemático de situações concretas, antecipar problemas importantes e propor soluções efetivas.

B. Disseminar o conhecimento acumulado, através do contato com empresas e da divulgação técnico-científica, bem como pela formação de recursos humanos com conhecimentos sólidos, amplos e treinados em uma atitude indagadora.

Esses objetivos são perseguidos através de atividades organizadas em torno de duas LINHAS DE PESQUISA, a saber:

Planejamento de Sistemas de Produção e Operações – Aborda a modelagem e o planejamento de sistemas de produção e operações no longo prazo. As metodologias adotadas englobam abordagens quantitativas (e.g., de otimização, estatísticas, probabilísticas, de previsão, computacionais) e qualitativas (de planejamento, de organização). Os projetos desenvolvidos nesta linha de pesquisa visam atingir soluções eficientes e/ou de melhor qualidade, auxiliando processos de tomada de decisões e lidando frequentemente com questões de incerteza, sempre com técnicas e aplicações inovadoras.

 

Projetos de Pesquisa
Gestão de operações humanitárias Visualizar
Integração de cadeias de suprimentos Visualizar
Modelos e ferramentas estatísticos para apoio à decisão Visualizar
Otimização e planejamento de petróleo e bicombustíveis Visualizar
Planejamento de operações em sistemas contínuos Visualizar
Planejamento integrado de operações Visualizar

 


Programação e Controle de Sistemas de Produção e Operações
 – Aborda a concepção e modelagem de aspectos operacionais da programação e controle de sistemas de produção e operações. Os projetos assim definidos visam identificar e/ou definir metodologias, planos de operacionalidade (programação) e de avaliação (controle) com aplicação no curto e médio prazo. Inclui o desenvolvimento de modelos e ferramentas quantitativos (de otimização, estatísticos, matemáticos em geral, computacionais) para programação da produção, controle de qualidade e otimização da operação em geral.

Projetos de Pesquisa
Controle e monitoramento de processos Visualizar
Planejamento e programação de operações em saúde Visualizar
Programação da produção Visualizar

 

Os professores pesquisadores integrantes desta área de concentração são:

Adriana Leiras, D.Sc.

Antônio Márcio Tavares Thomé, D.Sc.

Eugenio Kahn Epprecht, D.Sc.

Fabricio Carlos Pinheiro Oliveira, D.Sc.

Fernando Luiz Cyrino Oliveira, D.Sc.

Luiz Felipe Roris Rodriguez Scavarda do Carmo, D.Sc.

Silvio Hamacher, D.Sc.