Finanças e Análise de Investimentos



A área de Finanças e Análise de Investimentos é uma das mais tradicionais do Departamento, tendo-se originariamente denominado Engenharia Econômica. Como área de um programa de mestrado, foi também pioneira no Brasil, contribuindo para a conscientização da importância que deve ser atribuída às decisões sobre alocação e administração de capital em economia em desenvolvimento.

Ao longo dos anos, a ênfase desta área vem se modificando, seguindo as tendências acadêmicas. Inicialmente, tal ênfase limitava-se às técnicas de análise de projetos industriais, i.e., a engenharia econômica “strictu sensu”; modernamente, em reconhecimento à importância do papel desempenhado pelo mercado de capitais, tanto como mecanismo de valoração de ativos quanto de propiciar formas inovadoras de financiamento, a área vem se concentrando no estudo do funcionamento do próprio mercado de capitais, assim como nas decisões financeiras da empresa que dependem fortemente do contexto desse mercado.

As maneiras como as firmas alocam recursos no tempo e entre alternativas de risco diferentes, constituem o objeto de estudo da teoria da análise financeira abordada pelo Departamento. A preocupação central reside na compreensão de como a existência do mercado de capitais afeta a alocação de recursos, em virtude das oportunidades oferecidas a indivíduos e a firmas para distribuírem seus recursos de forma mais eficiente entre ativos de diferentes perfis de risco e retorno. Assim, o estudo de finanças busca entender o processo da tomada de decisões de indivíduos, firmas e instituições financeiras no que concerne à alocação de capital.

A área de Finanças e Análise de Investimentos do DEI é orientada no sentido de dar aos estudantes uma formação sistemática e rigorosa da teoria básica de economia, finanças e estatística, de forma a capacitá-los no entendimento dos fundamentos e na aplicação crítica dos métodos de análise. Desta forma, a abordagem da área é interdisciplinar, pois assenta-se sobre teorias, metodologias e ferramentas analíticas apresentadas de várias outras áreas de conhecimento.

As prioridades da área de Finanças do DEI são de propiciar uma aceleração no fluxo de pesquisas em finanças no Brasil e de promover o desenvolvimento de métodos avançados para a tomada de decisões financeiras. Para tal, a área enfatiza a abordagem teórica e quantitativa, aproveitando a formação dos seus alunos que, via de regra, são engenheiros. Assim, requer-se que os candidatos tenham uma sólida formação em Cálculo Diferencial, Álgebra Linear e em Teoria da Probabilidade e Estatística. Os objetivos propostos para esta área de concentração são:

A. Análise do comportamento do mercado de capitais, principalmente no que diz respeito às formas como são avaliados os valores mobiliários, tais como títulos públicos e privados, as carteiras de ações e as opções.

B. Desenvolvimento de métodos avançados de análise das decisões financeiras da empresa, incluindo os de contabilidade gerencial e de controle de custos, visando o aperfeiçoamento das técnicas de planejamento e controle de sistemas produtivos.

Esses objetivos são perseguidos através de atividades organizadas em torno de duas LINHAS DE PESQUISA a saber:

 

Mercados de Capitais – Nesta linha de pesquisa são abordadas a análise econômica e a gestão financeira das corporações no curto, médio e longo prazos. São tratadas e analisadas as fontes de capital e financiamento, as alternativas de abertura de capital, as oportunidades de investimento e suas opções reais embutidas, a maximização do retorno dos ativos, e a valoração, risco e estrutura de capital da firma. Os projetos de pesquisa pretendem proporcionar a oportunidade de aplicação do ferramental abordado na linha, assim como permitir aos alunos tratar temas de atualidade e relevância na área das finanças corporativas.

 

Projetos de Pesquisa
Análise e desempenho de investimentos sustentáveis no mercado de capitais Visualizar
Otimização sob incerteza aplicada à gestão de ativos e passivos Visualizar

 

Finanças Corporativas – Aborda a análise do mercado de capitais e a forma que esse mercado precifica os títulos de risco. Trata, também, do comportamento dos agentes frente a situações de incerteza, do desempenho dos títulos e valores mobiliários, e da seleção, otimização e gestão das carteiras. O enfoque e as aplicações são principalmente a nível corporativo.

 

Projetos de Pesquisa
Análise e modelagem de ativos de risco e derivativos Visualizar
Avaliação de projetos de investimento no contexto da teoria das opções reais Visualizar
Estrategias de leilão no mercado de energia elétrica e fontes renováveis Visualizar
Jogos de Opções Reais e Dinâmica Evolucionária Aplicada a Questões Corporais Visualizar

 

Os professores-pesquisadores integrantes desta área de concentração são:

André Barreiras da Silva Rocha, D.Sc.

Davi Michel Valladão, D.Sc.