Histórico



O Departamento de Engenharia Industrial – DEI, da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro iniciou suas atividades em 1967, com a criação do primeiro Programa de Mestrado em Engenharia de Produção do Brasil. Após 15 anos de atuação apenas no mestrado, na extensão universitária e em disciplinas de serviço para outros cursos da PUC-Rio, em 1982 o DEI teve seu recém-criado Curso de Graduação em Engenharia de Produção reconhecido pelo Ministério da Educação e Cultura. Hoje esse curso, nas suas diversas habilitações, é responsável por mais da metade dos engenheiros que a PUC-Rio forma a cada ano.

Em 1993, o Departamento implantou o seu Programa de Doutorado em Engenharia de Produção, que foi imediatamente recomendado pela CAPES, órgão do Ministério da Educação encarregado da avaliação dos cursos de Pós-Graduação no País. Em 2001, atendendo uma crescente demanda por profissionais com formação técnica para atuar na gerência de logística industrial, o DEI criou o Mestrado Profissional em Logística (também no nível de pós-graduação stricto sensu) que busca dar um conhecimento e treinamento intelectual de aplicação industrial mais imediata.

Durante a sua existência o DEI recebeu uma rica influência de diversas instituições nacionais e estrangeiras através da formação variada de seus professores e, também, por meio de programas de intercâmbio acadêmico, como os realizados com a Universidade de Stanford, o centro para Pesquisa Operacional de Zürich, a Universidade de Montreal, a Escola Central de Artes e Manufaturas de Paris e com a Universidade da Média Suécia.

Os cursos de Pós-Graduação do Departamento, abrangendo Mestrado e Doutorado, têm como objetivo atender à demanda de formação de pesquisadores e de pessoal altamente qualificado e, por esse processo, gerar e disseminar novos conhecimentos aplicáveis às organizações produtivas. Diversas empresas e órgãos públicos são parceiros em projetos de pesquisa, permitindo que a investigação acadêmica abranja um amplo espectro de problemas, que cobre desde a identificação de oportunidades de melhoria até a avaliação dos resultados obtidos na aplicação de técnicas gerenciais originais, ou ainda pouco conhecidas, passando pela implantação em escala limitada de soluções desenvolvidas no Departamento. Entre esses parceiros de pesquisa, encontram-se grandes empresas como a PETROBRAS, a Cia. Vale do Rio Doce, a Companhia Siderúrgica de Tubarão e a Rede Ferroviária Federal, com as quais a PUC-Rio mantém convênios de cooperação técnica, bem como empresas de pequeno e médio porte, com as quais predomina a cooperação informal.

Desde sua criação, o DEI sempre teve uma atuação integrada na graduação e pós-graduação, pela atividade docente do seu quadro principal. A dedicação desse quadro à graduação é distribuída de forma equilibrada entre os docentes.

Diferencial

Uma característica marcante do Departamento de Engenharia Industrial é seu Quadro Permanente numericamente reduzido, com 13 professores altamente qualificados, todos em tempo integral, ativamente engajados em ensino e pesquisa. Em um departamento desse porte, a excelência é um fator estratégico. Isso impõe uma preocupação constante com a qualidade, uma forte integração entre as áreas de concentração e um esforço concentrado em poucas linhas de pesquisa. Para manter a flexibilidade, alcançar altos níveis de produtividade e levar aos seus alunos de graduação à visão de profissionais com experiência empresarial, o DEI complementa seu Quadro Principal com cerca de 25 professores do Quadro Complementar (em tempo parcial). Nas suas atividades de pesquisa e didáticas, o DEI conta, ainda, com eventuais colaboradores acadêmicos.

O DEI sempre teve uma ação integrada na graduação e pós-graduação através das atividades didáticas do seu Quadro Principal, da participação de alunos de pós-graduação em estágios de docência e do envolvimento de alunos de graduação em pesquisas de iniciação científica e em projetos patrocinados. A dedicação do Quadro Principal a graduação e a pós-graduação é distribuída de forma equilibrada entre os docentes, muitos dos quais também atuam em extensão universitária junto a empresas.

A maioria dos alunos de pós-graduação é formada por engenheiros, mas também ingressam no Programa economistas, administradores e graduados com outras formações. Freqüentemente, são aceitos alunos enviados por empresas para aprimoramento de sua formação no Programa. O DEI dispõe de uma moderna e ampla rede local de microcomputadores, que dá acesso a redes nacionais e internacionais. Um conjunto de software sofisticado e variado é colocado à disposição dos alunos e pesquisadores, permitindo a utilização de bancos de dados e métodos quantitativos para pesquisa e treinamento, bem como o acesso fácil e rápido a informações científicas disponíveis em outros centros de pesquisa. O DEI oferece ainda aos seus alunos de Pós-graduação instalações para estudo e, além das bibliotecas setorial e central da PUC-Rio, põe à disposição dos alunos uma pequena coleção de livros e documentos de uso mais freqüente ou especializado. Resultados de pesquisa não publicados são distribuídos em relatórios técnicos mediante solicitação direta à Secretaria do Departamento de Engenharia Industrial.

O Departamento oferece, no nível de Graduação, o curso de Engenharia de Produção, buscando preparar o aluno para uma atuação global e dar-lhe uma perspectiva intercultural, o DEI, seguindo uma política da PUC-Rio, procura estimular a realização de intercâmbio internacional com conceituadas instituições de ensino no exterior, orientando seus alunos na formulação de programa de estudos e recebendo alunos estrangeiros em todos os níveis. Alunos de graduação do DEI com desempenho acadêmico destacado também têm participado de programas de dupla diplomação com instituições européias de grande prestígio; programas esses que possibilitam o aluno obter diplomas válidos no Brasil e na Comunidade Européia.

Sua criação como departamento primordialmente voltado para o mestrado criou, entre professores, alunos e funcionários, uma cultura de solidariedade, cordialidade e informalidade baseada no respeito múituo e no reconhecimento do mérito. Mesmo com o grande crescimento do corpo discente, o DEI procura preservar esse ambiente.