Doutorado

DADOS DO CURSO DE DOUTORADO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO NA PUC-Rio

Credenciamento: Portaria nº 132, de 02/02/99, do MEC, publicado no D.O. de 03/02/99.

No ano de 1998 foi avaliado com grau 5, correspondente a nota máxima obtida pelos programas de Pós-graduação em Engenharia de Produção no Brasil.

Título atribuído: Doutor em Engenharia de Produção.

 

INSCRIÇÃO PARA O DOUTORADO

Prazo para 2023.1:  05/09/2022 a 13/11/2022


Notas:

  • O período de inscrição poderá ser alterado pela Coordenação do Programa de Pós-graduação. 
  • O processo de inscrição é totalmente eletrônico. Toda documentação exigida (incluindo as cartas de referência) deve ser submetida em meio eletrônico no sistema de inscrição em http://www.ccpa.puc-rio.br/inscricao_pos/processo.luaNão serão aceitas cartas de referência após o prazo de inscrição.
  • Só serão examinados pedidos de inscrição ao curso de Doutorado com a aprovação de um professor do quadro principal do departamento e com a documentação completa

 

QUAIS OS DOCUMENTOS EXIGIDOS PARA INSCRIÇÃO AO DOUTORADO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO NA PUC-RIO?

Obrigatórios

  1. Duas cartas de referência 
    No formulário online o candidato indicará os nomes e e-mails de dois contatos e o sistema enviará um link aos mesmos, solicitando o preenchimento online de uma carta de referência. Não serão aceitas cartas preenchidas manualmente.
  2. Curriculum Vitae
    Preferencialmente na Plataforma Lattes (gerar versão completa em PDF);
  3. Plano de Estudos
    Preencher o formulário disponível em PESTUDOSDOUTORADO.docx
  4. e fazer o upload da versão em PDF no sistema de inscrição. Neste formulário, o candidato informará a área de concentração de interesse, a linha de pesquisa ligada à área de concentração (dentre as áreas e linhas disponíveis no site do Programa) e a motivação pela escolha do Programa e da linha de pesquisa. Também é necessário definir junto com o professor e futuro orientador as disciplinas a serem cursadas.
  1. Histórico escolar da Graduação
  2. Histórico escolar do Mestrado
  3. Diploma ou certificado de conclusão da Graduação
  4. Diploma ou certificado de conclusão do Mestrado
  5. Carta de compromisso
    Para candidatos com vínculo empregatício, deve-se apresentar:
    – Carta do empregador, apoiando o plano de estudos e a liberação para cumprir com a carga horária mínima do curso OU
– Carta pessoal do(a) candidato(a) na documentação declarando estar ciente e comprometido em cumprir o plano de estudos e a carga horária mínima.
  • Plano de Pesquisa
    Preencher o formulário disponível em FORM_ACEITAÇAODOUTORADO.rtf  e fazer o upload da versão em PDF no sistema de inscrição. O Plano de Pesquisa deverá ser assinado pelo professor que irá orientar o candidato no doutorado.

Opcionais

  1. Formulário de solicitação de Bolsa de Estudos
    Preencher o formulário disponível em BOLSAESTUDOSDOUTORADO e fazer o upload da versão em PDF no sistema de inscrição.
  2. Trabalhos de relevância acadêmica
    Podem ser anexados a dissertação de Mestrado e/ou artigos publicados em periódicos e/ou eventos científicos que tenham o candidato como autor (todos em formato PDF).
  3. Outros certificados de conclusão
    Podem ser anexados certificados de que o aluno concluiu cursos de MBA, especialização, dentre outros
  4. Outros documentos.

 

PROPOSTA PRELIMINAR DE PESQUISA E PROGRAMA DE ESTUDOS

 

Para ser aceito no curso de Doutorado, o candidato deve conhecer as áreas de concentração e linhas de pesquisa do Programa, identificar um campo de pesquisa e orientador mais adequado dentro do quadro docente do DEI. Em conjunto com esse orientador, deve identificar e formalizar em um pequeno documento (cerca de 10 laudas) uma Proposta Preliminar de Pesquisa indicando os objetivos e a metodologia a ser utilizada na pesquisa, de forma a expor sua viabilidade, relevância e originalidade. Coerentemente com o tema, deve ser definido um programa de estudos com um conjunto de disciplinas, cobrindo no mínimo os 18 créditos exigidos no curso de Doutorado.

Além dos requisitos gerais regulamentares, o Departamento exige dos candidatos: Ser portador de título de Mestre em: Engenharia de Produção, Transportes, Matemática, Informática, Sistemas, ou cursos similares, reconhecidos como tal pela Comissão de Pós-graduação do DEI. A critério da Comissão de Pós-graduação e das demais instâncias previstas nas disposições regulamentares, esta exigência pode ser dispensada para candidatos que tenham demonstrado evidente capacidade para pesquisa aprofundada em linha de interesse do DEI.

Aceitação do candidato por um professor do curso de Doutorado (provável orientador), com base em proposta preliminar de pesquisa, dentro de uma área de concentração do curso e em um programa de estudos consistente com o tema de pesquisa.

Aceitação do candidato pela Comissão de Pós-graduação, com base no Histórico Escolar, no curriculum vitae, na apresentação de dois professores do curso, na Proposta Preliminar de Pesquisa e no programa de estudos citados acima. Entrevistas com outros professores do DEI podem ainda ser requeridas pela Comissão de Pós-graduação. Os cursos de mestrado e de doutorado em Engenharia de Produção da PUC-Rio têm início em março e agosto de cada ano e os períodos de inscrição encontram-se especificado na página da PUC-Rio.

QUAIS AS EXIGÊNCIAS PARA OBTENÇÃO DO TÍTULO DE DOUTOR EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO DA PUC-RIO?
  1. Obter um mínimo de 42 créditos em disciplinas de Pós-graduação. Neste número poderão estar incluídos até 25 créditos correspondentes ao título de Mestre mediante aceitação da Comissão de Pós-graduação. Os 42 créditos deverão ser assim distribuídos:
    • Em disciplinas de Pós-Graduação do DEI, do CTC, da PUC ou de outros programas de pós-graduação credenciados, escolhidos a critério do professor orientador, segundo programa de estudos aprovados pela Comissão de Pós-Graduação do DEI, podendo incluir no máximo 3 créditos em disciplinas de Estudo Individual, e não podendo ser contabilizados para a integralização créditos de Estágio de Docência.
  2. Ser aprovado em Exame de Qualificação (IND 3004). Este exame visa avaliar a capacidade do candidato para realizar pesquisa original e relevante na área de concentração do doutorado e será baseado em um artigo, elaborado pelo aluno em tema relacionado à sua pesquisa de tese, e a sua apresentação perante uma banca. A apresentação será de cárater público.
  3. Ser aprovado em Exame de Proposta de Tese (IND 3007). Este exame visa verificar a validade da pesquisa como tema de tese, em termos de relevância, de não trivialidade, originalidade e contribuição para a expansão das fronteiras do conhecimento, a capacidade do candidato para conduzir a pesquisa proposta e a viabilidade de realização da pesquisa.
  4. Ser aprovado na disciplina de “Estágio a Docência” (no caso de aluno bolsista);
  5. Ser aprovado em exame de língua estrangeira, (LET 3106 – Inglês para o Doutorado);
  6. Apresentar, defender e ter aprovada a Tese de Doutorado (IND 3001). A Defesa será condicionada a ter um artigo submetido a periódico qualificado internacional, e a ter outro artigo publicado ou aceito em periódico qualificado (nacional ou internacional), ambos no tema de pesquisa de doutorado.

 

SUPORTE FINANCEIRO

Há disponibilidade de bolsas de estudo para alunos em tempo integral, concedidas pela CAPES, pelo CNPq, pela FAPERJ e por outras entidades governamentais e privadas. A atribuição destas bolsas aos alunos é feita pela Comissão de Pós-Graduação dentro das cotas concedidas ao Programa pelas agências citadas. As bolsas CAPES e CNPq são concedidas por até dois anos para alunos de mestrado e por até quatro anos para alunos de doutorado, tempos que correspondem aos prazos regulares para titulação na PUC-Rio.

Os alunos em tempo parcial podem solicitar bolsas de isenção de pagamento, também atribuídas pela Comissão de Pós-Graduação segundo quotas estabelecidas pela Vice-Reitoria Acadêmica.

Além destas, para alunos que sejam docentes de outras universidades existem bolsas CAPES concedidas pela universidade à qual o docente está vinculado. Candidatos neste caso devem procurar informações junto à Pró-Reitoria de Pós-Graduação de sua universidade.

Candidatos de outros países da América podem solicitar bolsas PEC/PG concedidas pela CAPES e CNPQ através dos órgãos consulares competentes. Os candidatos devem procurar informações no consulado brasileiro em seu país, com antecedência de mais de um ano em relação à data prevista para sua primeira matrícula.

A concessão de bolsa e isenção de pagamento de taxas escolares é válida por um período letivo e poderá ser renovada ou não dependendo do desempenho acadêmico do aluno.

Os alunos não bolsistas deverão pagar semestralidades. Algumas empresas e instituições governamentais possuem convênios com a PUC-Rio cobrindo o pagamento das semestralidades de seus funcionários.

 

Portarias e Regulamentos de bolsas das Agências de Fomento:

CAPES:

PORTARIA No. 149/2017 – Regulamento do PROSUC www.capes.gov.br;

PORTARIA No. 18/2020, de 20/02/20https://pucriobr-my.sharepoint.com/personal/teti_puc-rio_br/Documents/PÓS-GRADUAÇÃO/BOLSA%20AGENCIA_Edital%20Seleção.docx;

PORTARIA No. 34, DE 9 DE MARÇO DE 2020 https://pucriobr-my.sharepoint.com/personal/teti_puc-rio_br/Documents/PÓS-GRADUAÇÃO/BOLSA%20AGENCIA_Edital%20Seleção.docx

CNPQ: https://pucriobr-my.sharepoint.com/personal/teti_puc-rio_br/Documents/PÓS-GRADUAÇÃO/BOLSA%20AGENCIA_Edital%20Seleção.docx

FAPERJ: https://pucriobr-my.sharepoint.com/personal/teti_puc-rio_br/Documents/PÓS-GRADUAÇÃO/BOLSA%20AGENCIA_Edital%20Seleção.docx


Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial